Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Junho, 2006

Joe Haldeman é um dos nomes incontornáveis da ficção científica americana graças a uma série de romances onde reflecte sobre a sua experiência da guerra no Vietname e que lhe obteve a atenção do público e reconhecimento mundial.

Nascido na cidade de Oklahoma em 1943, Joe Haldeman passou a sua infância em constante viagem pelos Estados Unidos e após a obtenção de um bacharelato de Astronomia, foi alistado na guerra do Vietname em 1967, tendo servido como engenheiro de combate. Um pouco à semelhança de outros veteranos da sua geração, como Ron Kovic, Haldeman sentiu a necessidade de expressar a sua experiência como veterano de guerra através da escrita, optando por utilizar um contexto de ficção científica.

Haldeman

1975 foi o ano de publicação do seu romance mais aclamado, The Forever War,vencedor dos prémios Hugo e Nébula, e que constitui em parte uma resposta ao pró-militarista Starship Troopers de Robert Heinlein. O livro acabou por influenciar as gerações posteriores, estando o seu legado presente em inúmeros filmes, séries de televisão e livros.

Seguiu-se a sequela Forever Peace e, posteriormente, Forever Free, ambos a lidarem com a mesma temática. Os três livros foram recentemente publicados pelas edições Europa-América sob os títulos Guerra Sempre, Paz Sempre e Liberdade Sempre.

O autor tem-se revelado bastante prolífico com mais de uma dúzia de títulos publicados ao longo das últimas décadas, dos quais se destacam Tool of the Trade, The Hemingway Hoax, e várias colectâneas e antologias em que trabalhou como editor.

As Edições Europa-América recentemente publicaram mais um título deste autor, Camouflage (2004), com o qual Joe Haldeman arrecadou o prémio Nébula de 2005.

O artefacto estava a mais de 10km abaixo do nível do mar. Ao tentar salvar um submarino, a Marinha tinha-o descoberto. E agora vários cientistas de todo o mundo tentam alcançá-lo. Mais denso do que qualquer outra substância conhecida do homem, ninguém consegue movê-lo. O governo chama então o biólogo marinho, Russell Sutton. Entretanto, duas criaturas marinhas vaguearam pela Terra por várias gerações. Agora, o artefacto chama por eles… mas o Camaleão decide que só há espaço para um na terra.

A título de curiosidade, o autor esteve presente em Portugal por ocasião dos 1ºs Encontros Internacionais de FC&F em Cascais, no ano de 1996.

Edições Europa-América P.V.P: 18.98€

Bibliografia portuguesa de Joe Haldeman:

Conto A Piloto publicado na Antologia Efeitos Secundários (1997)
Guerra Sempre, Europa-América
Paz Sempre, Europa-América
Liberdade Sempre, Europa-América
Camuflagem, Europa-América

Advertisement

Read Full Post »

Por coincidência temporal, três das associações de Fantástico mais próximas de nós têm razões para uma referência especial.

A Simetria, durante muitos anos a única associação deste tipo em Portugal (isto é, até ao surgimento da Épica), anuncia no site oficial a iminente abertura das suas novas instalações (provisórias). Lembramos que desde a sua formação a Simetria ocupava instalações no entretanto condenado Pavilhão do Dramático de Cascais, estando neste momento à procura de uma solução definitiva para albergar o acervo reunido.

Do outro lado do Atlântico, chega-nos a nova face cibernauta do brasileiro CLFC – Clube de Leitores de Ficção Científica. Há alguns meses ausente da internet, o CLFC surge agora com um site renovado, simples e atraente, para dar novo fôlego aos seus 20 anos de existência.

Aqui ao nosso lado, a AEFCFT – Asociación Española de Fantasía, Ciencia Ficción y Terror decidiu contribuir para o clima crescente de aproximação entre adeptos portugueses e espanhóis do Fantástico e apresenta agora parte do conteúdo do seu site traduzido para português.

A todos, os nossos melhores votos.

Read Full Post »